Air Fryer Vale a Pena? Fritadeira Realmente é Útil no Dia-a-Dia? Contamos a Verdade

Comer frituras saudáveis, sem nenhum peso na consciência, é o sonho de qualquer pessoa que busca ter uma alimentação equilibrada. Por isso, as fritadeiras elétricas têm feito tanto sucesso nos últimos anos. Mas, pode ser que você ainda se pergunte: vale a pena comprar uma Air fryer?

Então, hoje vamos te ajudar a decidir se esse equipamento vai ser útil para você. A seguir, você vai descobrir se as fritadeiras elétricas funcionam mesmo, se elas são saudáveis e quais suas vantagens e desvantagens.

Boa leitura!

Indicamos
Aprenda TUDO sobre Air Fryer
Pensa em fazer aquela receita deliciosa mas não sabe como usar sua Air Fryer ? Esse curso foi criado pensando em você!
PONTOS POSITIVOS:
  • Aprenda + de 150 receitas deliciosas para fazer na sua Air Fryer
  • Material 100% Apostilado e Bônus Especiais Incluso
  • Omelete, Bife a Milanesa, Pudim, Bolo e muito mais!
Aprenda TUDO sobre Air Fryer
+ de 150 receitas!

A Air fryer funciona mesmo?

Embora a promessa de fritura sem óleo pareça um milagre, a verdade é que a Airfryer realmente é capaz de cozinhar o alimento de forma que ele fique com textura e aparência de frito.

Um estudo publicado no International Food Research Journal em 2015 fez uma comparação do percentual de óleo em batatas fritas em imersão e em uma fritadeira elétrica. E o resultado foi realmente impressionante!

As batatas fritas pelo método convencional tinham cerca de 14,8% de óleo por palito. Enquanto isso, as que foram preparadas no eletrodoméstico apresentaram apenas 0,0025% de gordura.

Mas, como é possível fritar os alimentos sem óleo?

Para garantir o visual e a crocância das receitas, as Airfryers contam com um sistema de cozimento chamado de convecção, muito comum em fornos de cozinhas profissionais.

Basicamente, o interior do equipamento é aquecido por meio de uma resistência elétrica semelhante a grelhas, localizadas na sua parte superior.

Então, quando o interior da fritadeira atinge uma temperatura de aproximadamente 300 °C, um sistema de pequenas hélices fazem com que o ar quente circule em alta velocidade no cesto. Dessa forma, o alimento fica com uma camada crocante sem a necessidade de adicionar gordura.

Air fryer é realmente saudável?

Quem busca ter uma alimentação equilibrada sabe que o consumo excessivo de gordura faz mal. Por isso, ter um produto que permite fazer fritura sem óleo parece ser algo incrível.

Mas, será que a Airfryer é mesmo saudável? Você deveria fazer esse investimento?

Apesar de a fritadeira elétrica prometer ajudar no preparo de refeições mais saudáveis, alguns estudos sugerem que a forma que ela é usada pode trazer alguns riscos para a saúde. Confira os detalhes a seguir!

Uso de óleo

Sem dúvida, a Airfryer ajuda a reduzir muito o uso de óleo na alimentação. Porém, alguns alimentos ainda vão precisar de um pouco de gordura para ficarem com a textura de frito, como é o caso da maioria dos alimentos in natura, como vegetais.

Por outro lado, os alimentos que não precisam de adição de óleo geralmente já possuem algum tipo de gordura ruim, como as coxinhas, empanados e nuggets congelados e ultraprocessados.

Naturalmente, esses produtos não são saudáveis, pois em seu processo de fabricação eles já são pré-fritos, além de serem adicionadas diversas substâncias ruins para o nosso corpo. Então, embora prepará-los na fritadeira elétrica use menos óleo do que o método de fritura tradicional, eles continuam não sendo saudáveis e seu consumo deve ser evitado.

Perda de nutrientes

De forma geral, cozinhar os alimentos faz com eles percam alguns nutrientes.

Por exemplo, um estudo realizado na UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro), em parceria com a USP e a Unicamp, mostrou que sardinhas preparadas na Airfryer perdem quantidades significativas de ácidos graxos poliinsaturados que são benéficos para o nosso organismo, como o Ômega 3.

Ao mesmo tempo, foi observado um aumento dos níveis de compostos prejudiciais à saúde. Porém, os pesquisadores conseguiram minimizar esses efeitos adicionando no cozimento algumas ervas, como cebolinha, cheiro verde e salsa.

Entretanto, a perda de nutrientes da sardinha preparada na fritadeira elétrica não pode ser generalizada, pois cada alimento tem sua própria composição química e pode apresentar reações diferentes.

O mais importante é saber que comer frutas, legumes e verduras preparados na Airfryer (ou de qualquer outra forma) nunca vai ser tão saudável quanto o seu consumo in natura.

Alta temperatura e a formação de acrilamida

Outra coisa que precisa ser levada em consideração por quem quer comprar um Airfryer para ter uma vida mais saudável é o ponto de cozimento dos alimentos.

Geralmente, quando nós expomos os petiscos ricos em amido, como as batatas, por muito tempo a uma temperatura alta, eles formam uma substância chamada de acrilamida, conhecida por dar o aspecto torrado no alimento.

De acordo com alguns estudos em animais, esse composto quando consumido em grande quantidade faz mal, podendo até mesmo favorecer o surgimento de células cancerígenas.

Contudo, é possível evitar a formação de acrilamida regulando a fritadeira elétrica para operar em uma temperatura de até 120 °C.

Além disso, evite deixar o alimento tostado em qualquer tipo de preparo. O ideal é que ele fique apenas dourado.

Valor calórico do alimento

Por fim, a comida preparada em uma fritadeira elétrica tem menos calorias do que a fritura por imersão. Afinal de contas, os óleos geralmente têm alto valor calórico.

Por exemplo, uma coxa de frango frita da forma tradicional tem aproximadamente 250 calorias. Enquanto isso, a coxa de frango preparada na Airfryer tem cerca de 135 calorias. Assim, esse equipamento também é atrativo para quem quer perder peso.

Então, vale a pena comprar uma Airfryer para ter uma alimentação mais saudável? Sim, porque ela realmente funciona e ajuda a reduzir significativamente a quantidade de óleo das receitas.

Como vimos, a perda de nutrientes e o aumento de compostos nocivos ocorrem de alguma forma em qualquer tipo de cocção, não somente na fritadeira elétrica. O mais importante para ter uma boa saúde é ter uma alimentação variada e balanceada.

usando a fritadeira para fazer empada
Créditos: Bicycling

Vantagens e desvantagens de comprar uma fritadeira elétrica

Embora a proposta principal da Airfryer seja diminuir o consumo de gorduras ruins, fritando os alimentos com ar quente em vez de gordura, esse não é o seu único benefício. Além disso, assim como qualquer outro produto, ela também tem seus pontos negativos.

Por isso, cabe a cada um avaliar as vantagens e desvantagens e decidir se vale a pena comprar uma fritadeira sem óleo.

Sabor do alimento

Embora o modelo de cocção da Airfryer dê o aspecto e a textura de um alimento frito, geralmente ele não fica com o mesmo sabor que o preparado da maneira convencional.

Por isso, se você está muito acostumado a comer frituras, no começo pode ser que você ache o sabor dos preparos na fritadeira diferente, o que pode ser um ponto negativo. Mas, de qualquer forma, com o tempo você realmente se acostuma e acaba achando até mais gostoso!

Praticidade

Sem dúvida, uma das maiores vantagens da Airfryer é a sua praticidade. Em apenas alguns minutos você consegue fazer uma receita deliciosa sem sujar a cozinha.

Além disso, como veremos a seguir, você consegue preparar os mais diversos pratos na fritadeira sem óleo.

Ao programar o tempo de cozimento da receita, você também pode aproveitar para fazer outras tarefas enquanto sua comida fica pronta.

Limpeza

Quem tem o costume de cozinhar sabe o quanto as frituras fazem sujeira na cozinha, além de deixarem um cheiro de óleo queimado na casa inteira. Mas, isso não acontece com a fritadeira elétrica, já que o seu sistema de cozimento não libera odor ou respinga gordura por todo lado. De fato, esse é um ponto super positivo, especialmente para quem cozinha durante a noite.

Além disso, a Airfryer é muito fácil de limpar. Inclusive algumas peças podem ser lavadas no lava-louças.

Veja como é fácil fazer a limpeza de uma fritadeira elétrica clicando aqui e conferindo nosso post sobre o assunto.

Tamanho das porções

Dependendo do modelo da fritadeira elétrica e da receita que você for fazer, as porções podem ser pequenas. Isso acontece porque nem sempre é possível aproveitar toda a capacidade do eletrodoméstico, já que é necessário deixar um espaço no cesto e entre um alimento e outro para o ar quente circular corretamente e cozinhar os alimentos.

Então, isso pode ser um ponto negativo para famílias grandes ou quando você precisar fazer uma quantidade maior de comida.

Consumo de energia elétrica

De forma geral, as fritadeiras elétricas são bem econômicas e não gastam muita energia. Em média, esses equipamentos têm potência entre 1200W e 2000W. Ou seja, se você usá-la todos os dias, você pode gastar cerca de R$ 20,00 a R$ 40,00 reais a mais com energia elétrica por mês.

Mas é pouco provável que você use ela diariamente!

De qualquer forma, é sempre importante pesquisar a potência dos modelos disponíveis no mercado para escolher um equipamento que ofereça uma boa relação entre eficiência e consumo de energia.

fazendo legumes na fritadeira
Crédito: Jo Zimny

O que dá para fazer na Airfryer?

A Airfryer é um dos eletrodomésticos mais versáteis que existem. Nela, você pode preparar tudo o que for frito, gratinado ou assado. Veja alguns exemplos:

  • Congelados, como batata frita, nugget, pão de queijo e outros salgados;
  • Carnes e frutos-do-mar em geral;
  • Sobremesas como bolo, pudim, rabanada e fondue;
  • Tortas e pães doces e salgados;
  • Massas;
  • Legumes e frutas frescas ou congeladas.

Então, vale a pena comprar uma fritadeira elétrica ou não?

Em média, as Airfryers disponíveis no Brasil variam de 2 a 5 litros em capacidade.

Dependendo da marca, do modelo e do tamanho da fritadeira, ela pode custar até R$ 2.300,00. Mas, com R$ 400,00, você já consegue comprar um produto muito bom!

Assim, podemos dizer que sim, vale a pena comprar uma Air Fryer pelos seguintes motivos:

  • É uma excelente forma de reduzir a quantidade de gorduras na alimentação;
  • É muito prática, mesmo para quem mora sozinho;
  • Além de frituras, você pode preparar uma infinidade de receitas;
  • É muito fácil de limpar e não deixa a cozinha engordurada ou com odor;
  • Você consegue preparar refeições mais saudáveis e com valor calórico reduzido.

Mesmo assim, é claro que a fritadeira elétrica tem seus pontos negativos, como a perda de nutrientes de alguns alimentos, a diferença de sabor em comparação com a fritura tradicional e o fato das porções que podem ser pequenas para algumas famílias.

Se decidir que a Airfryer vale a pena para você, não deixe conferir nosso conteúdo que explica como funciona o eletrodoméstico. Você vai gostar de saber. Até a próxima!