Como Recuperar o Teflon da Fritadeira Elétrica?

O politetrafluoretileno (PTFE), conhecido de modo comercial por teflon, é uma liga que, uma vez agregada aos utensílios de cozinha, facilita em muito nossas vidas.

Além de ser uma maravilha de antiaderente que facilita a “função” do cozinhar, economizando óleo, facilita a limpeza e também possui outros “poderes”:

Não reage a certas substâncias químicas, resiste a altas temperaturas, tem índice de contaminação praticamente nulo aos alimentos (muitos alimentos possuem mais contaminação anterior que o das substâncias liberadas pelo PTFE).

Das louças aos eletrodomésticos

As panelas antiaderentes têm feito bastante sucesso entre os tipos disponíveis. Aqui, você pode ver uma comparação com as panelas de cerâmica.

Fazendo uso responsável das suas panelas e produtos, a vida útil do teflon vai longe, estando estimada em 5 anos, em média.

Antes de marcarem presença nas fritadeiras elétricas, o antiaderente já figurava nas panelas, então, vamos dar uma refrescada na memória lembrando as dicas básicas para conservação do antiaderente. São bem simples.

Como fazer o antiaderente da fritadeira elétrica durar?

As dicas são fáceis de colocar em prática. Confira!

Fique atento aos utensílios

Não “risque” a superfície com utensílios de metal. Escolha madeira, plástico, silicone ou outros componentes oferecidos para “harmonizar” com suas panelas, evitando descascar.

Evite grandes choques de temperatura

Sabe aquela história triste da pessoa que tomou banho quente e saiu para a rua direto no frio? Pois é. Não é lenda urbana, não. Isso se chama choque térmico.

Tirar a panela fervendo do fogo e despejar direto água fria pode deformar sua panela. Uma panela deformada acaba por impedir que o calor seja distribuído de modo correto. Isso é principalmente válido para as panelas mais baratas. Depois não dá para recuperar.

Deixe sua panela esfriar por algum tempo antes de lavá-la. O mesmo vale para a cestinha e a bandeja da sua fritadeira.

Limpe suas panelas com esponjas apropriadas

Existem esponjas e palhas de lã de qualidade extrema, mas, por serem de metal, não podem ser usadas para limpar sua panela antiaderente.

Encontre a esponja ou esfregão adequado, de preferência feito especialmente para lidar com o antiaderente. De outro modo, estará desgastando o revestimento gradualmente e sem mesmo se dar conta.

E siga outras pequenas dicas, como guardar e manusear de forma adequada, evitar detergente e produtos com química nociva ao antiaderente, não deixar a panela vazia parada ao fogo e observar a temperatura máxima suportada (que varia entre 200.º e 260 °C).

LEIA TAMBÉM  Pode Colocar Papel Alumínio na Airfryer? Descubra a resposta!

como recuperar o teflon da fritadeira elétrica

A agilidade da fritadeira elétrica

Sim, a Airfryer ajuda muito, e naturalmente, cedo ou tarde a gente vai acabar comprando.

A ideia é reduzir ao máximo a gordura das frituras, processando seu alimento por um sistema de cozimento que vem da circulação de ar quente em alta velocidade, trabalhando a gordura dos próprios alimentos.

Além da praticidade da refeição pronta em minutos, também nos livramos daquela frigideira cheia de óleo para lavar e da fumaça que fica pela casa toda.

Variedade

Tem modelo de fritadeira para todos os gostos e necessidades: com acabamento inox, com cores neon, com gaveta quadradinha para organizar melhor os alimentos, acopladas com forninho elétrico.

Mas cuide para não cair na armadilha da beleza: procure qualidade!

E, sem pressa, para não acabar comprando outras invenções e produtos semelhantes como o Grill ou o Forno Halogênico, ao invés da fritadeira elétrica. Airfryer é Airfryer!

Com o sucesso do produto, a concorrência acirrada possibilita encontrar muita opção boa e barata, mas é bom saber com o que estamos lidando e de onde é vindo seu produto, antes de sair comprando.

Problemas na fritadeira elétrica

Como qualquer outra novidade das categorias de eletrodomésticos, a fritadeira elétrica pode apresentar bastante problema com peças de reposição que saem de linha, outras difíceis de recuperar, além de desgaste e componentes baratos.

São pequenos detalhes além da aparência que sempre vale perguntar aos vendedores e conhecidos que já experimentaram.

Mas o campeão de reclamação e pedido de ajuda é o problema clássico do desgaste do cestinho revestido com teflon. “Minha Airfryer enferrujou” e “Como tirar ferrugem da Airfryer” são uns dos maiores motivos de busca para este aparelho.

Vamos ver agora o que é e onde está o problema. No fim, você terá visto que é coisa simples e de fácil manejo.

Teflon ou tinta?

Alguns produtos “em conta” podem optar por relaxar exatamente onde mais precisamos, então, cuidado com aparelhos muito “em conta”.

O antiaderente pode ser apenas um esmaltadinho preto. E a diferença de um esmaltado fraco para um antiaderente que dure pode ser enorme, além de impactar na sua saúde.

Por isso, a menos que você queira ir a fundo atrás da norma, é bom se informar logo sobre a questão do “descascamento” como critério para influenciar na sua compra.

LEIA TAMBÉM  Como usar Air Fryer? Dicas para sua Primeira Utilização na Fritadeira

Como limpar e tirar ferrugem da Airfryer?

Não tem jeito de evitar que o antiaderente se solte com o tempo. O que podemos fazer é adotar alguns procedimentos para preservar a fritadeira e atrasar o processo de descascar, caprichando na limpeza e buscando as melhores informações a respeito.

Para o antiaderente das panelas, a internet está cheia de dicas, começando pela clássica e fácil aplicação de sal. O salzinho mexido no fogo é realmente útil para reviver a frigideira cheia de “cracas”.

Mas uma fritadeira elétrica é um aparelho de uso diferente, com manuseio e processos diferentes, então, é bom operar dentro das especificidades.

Limpeza preliminar da sua fritadeira elétrica

O que se aconselha antes mesmo da primeira utilização (sim, com o aparelho “zerado”) por marcas como Mondial e Britania é fazer uma “queima” geral tanto na bandeja que segura a cesta, quanto a cesta, untando tudo com guardanapo de papel e óleo.

A ideia é untar e esquentar por 10 minutos este óleo, sem nenhum alimento, até pré-aquecer. Não esqueça de deixar esfriar na hora de lavar, ou use água quente, evitando o choque térmico. E não use o lado mais poroso da esponja!

Mais orientações para fazer o primeiro uso de sua Airfryer você pode acessar aqui.

fritadeira suja

Conservação do antiaderente

Para o desgaste do antiaderente com o passar do tempo, vamos reforçar alguns pontos do que já foi dito e somar algumas dicas.

Primeiramente, procure fazer a limpeza da fritadeira elétrica após cada uso. Você estará evitando que alguns resíduos grudem ao antiaderente de modo permanente. Se deixar, pode dar bem mais trabalho para limpar depois.

Limpe bem a parte interna, externa e a cesta. NÃO use álcool ou solventes, nem detergente com amoníacos ou saponáceos.

Vale repetir para não usar nada que risque, talhe ou agrida o antiaderente. Para a parte externa, basta um paninho úmido ou desengordurante básico.

Se houver restos de comida grudados, deixe de molho em água com detergente por um pouco mais de 10 minutos. Para recuperar a “grelha” da cesta, onde costuma ser mais difícil a remoção de resíduos, você pode usar uma palha de aço, mas bem de leve.

LEIA TAMBÉM  Como funciona uma Air Fryer? Como frita os alimentos sem óleo?

Parte interna da fritadeira

Para a parte interna da fritadeira, não esqueça de deixá-la esfriar primeiro. Após um resfriamento de 20 a 30 minutos, faça a limpeza com esponja macia e água quente. Também vale dar uma escovadinha de leve na peça da resistência.

Ok, agora que frisamos o procedimento, uma dica para fazer durante o uso: procure balançar a fritadeira/cestinha. Pode parecer uma prática “boba”, mas evita bastante que o alimento grude no fundo.

E depois que o antiaderente da fritadeira descascou? Como recuperar o teflon?

Após tudo o que dissemos, lembre-se: ainda assim o desgaste virá. Mas novamente existe ajuda.

A cestinha é uma peça de reposição que estará disponível em lojas ou no site do fabricante, ou seja, basta comprar outra nova sem precisar fazer o descarte do produto.

Outra dica bem importante e simples é colocar uma proteção de silicone ou plástico no cesto. Bastante útil e barata, vai auxiliar muito a fazer a preservação, pois impede que os alimentos grudem no fundo, poupando você do trabalho mais “pesado” na hora da limpeza.

Ainda não dá para repor o antiaderente descascado e perdido, então, ao invés de sair atrás de soluções milagrosas, fazer o que não precisa ou trocar de aparelho, tente apenas manter os hábitos informados agora, e veja bem os resultados em pouco tempo.

Quem cuida, desfruta melhor

Veja que, basicamente, a ideia é sempre evitar contato nocivo, uso agressivo, produtos e processos químicos que degradem o bendito antiaderente. Porque é ele que vai garantir o desempenho, a funcionalidade prática do aparelho em relação aos outros.

O restante da fritadeira elétrica não tem mistério. São alguns procedimentos simples e informações comuns, para práticas e ferramentas usuais. Vida nova para sua fritadeira, todo dia, se sabe bem o que tem que ser feito.

Então, quem ainda está em dúvida sobre a eficiência ou segurança da fritadeira elétrica, pode perder o medo! É um aparelho eletrônico consolidado no mercado, com grandes companhias envolvidas, número expressivo de vendas e satisfação de clientes.

Basta ter o cuidado que você precisa ter com qualquer outro eletrodoméstico: se informando um pouco sobre o produto, respeitando os limites e normas e também – sempre aconselhável para tudo – tendo paciência, porque tudo exige um certo grau de manutenção e nada dura para sempre.

Até a próxima!