Air Fryer Gasta Muita Energia? Verdade ou Mito?

O mercado de airfryers, também conhecidas como fritadeiras elétricas, veio para revolucionar e ajudar pessoas que gostam de se aventurar na cozinha.

Por serem bastante saudáveis e capazes de cozinhar sem uma gota de óleo, as fritadeiras têm sido uma escolha cada vez mais recorrente entre as pessoas.

Entretanto, uma dúvida e uma preocupação muito grande surge entre quem quer adquirir sua primeira fritadeira ou já possui uma em casa: o consumo de energia desses aparelhos.

Afinal, a air fryer gasta muita energia?

Nosso artigo vai contar tudo que você precisa saber sobre esses itens, portanto, não deixe de acompanhá-lo até o final.

Vamos lá?

Indicamos
Aprenda TUDO sobre Air Fryer
Pensa em fazer aquela receita deliciosa mas não sabe como usar sua Air Fryer ? Esse curso foi criado pensando em você!
PONTOS POSITIVOS:
  • Aprenda + de 150 receitas deliciosas para fazer na sua Air Fryer
  • Material 100% Apostilado e Bônus Especiais Incluso
  • Omelete, Bife a Milanesa, Pudim, Bolo e muito mais!
Aprenda TUDO sobre Air Fryer
+ de 150 receitas!

Qual é o consumo de energia elétrica média desses aparelhos?

Os fatores que causam impacto no consumo de energia elétrica de uma airfryer são vários, porém, são três os fatores mais visíveis com relação ao aumento e diminuição do consumo:

  • Tempo de utilização: refere-se à quantidade de tempo que você utiliza sua airfryer no dia a dia. Logicamente, quanto mais tempo você usar, mais irá gastar;
  • Temperatura usada: as airfryers vêm com um termostato que permite a regulação de sua temperatura interna. Quanto maior a temperatura escolhida, maior a potência energética necessária, logo, maior consumo de energia;
  • Quantidade de alimentos na fritadeira: o leque de produtos que podem ser cozinhados em uma airfryer é gigantesco! Porém, quanto mais alimentos você colocar no interior do seu aparelho, mais energia ele vai gastar.

Todas essas informações devem ser levadas em conta na hora do cálculo no gasto médio.

O consumo médio entre as airfryers gira em torno de 0,66 kWh, ou seja, se considerarmos a tarifa atual da energia elétrica da cidade de São Paulo, que é de R$0,85 centavos por kWh, em uma hora de uso, esses eletrodomésticos gastam R$0,56 centavos!

Nessa cotação, em um mês de uso diário durante 1 hora, a airfryer irá custar aos seus cofrinhos cerca de R$16,80! Por isso, o tempo de utilização é tão importante na hora de calcular seus gastos.

É claro que cada aparelho possui suas peculiaridades, por isso, nos tópicos a seguir, vamos apresentar quais airfryers gastam mais e quais são mais econômicas em termos de energia.

Não deixe de conferir.

Fritadeira elétrica Mondial 4L 127v

A Mondial é uma das marcas que vem se destacando dentro do mercado de airfryers. Nos dias de hoje, é relativamente comum você encontrar um modelo desse na casa das pessoas.

Esse modelo trabalha com uma potência máxima de 1500w e necessita de uma alimentação de 127v.

A air fryer Mondial está dentro da média calculada para a categoria de fritadeira sem óleo, sendo um produto que não vai aumentar de maneira significativa seu gasto de energia no final do mês.

Com um bom desempenho final, é bastante recomendada para frituras de alimentos como batata e frango.

Airfryer Philips Walita Viva Black

Talvez a Airfryer da Polishop seja o aparelho mais tradicional dentro do ramo, pois foi essa grande rede de lojas a responsável por trazer a fritadeira elétrica para o Brasil, no ano de 2011.

Essa fritadeira trabalha em uma potência média de 1425W, possuindo adaptações para funcionar tanto em 127v quanto em 220v, segundo a necessidade do cliente.

Seu consumo de energia é um pouco menor com relação à fritadeira da Mondial, pois essa airfryer possui uma tecnologia patenteada que garante uma melhor distribuição de calor, além de trabalhar com uma potência ligeiramente menor.

Com uma capacidade de cerca de 2,2L, essa fritadeira possui outras características como:

  • Revestimento em Teflon: as partes internas das fritadeiras dessa linha são revestidas em Teflon, material sintético que possui baixa interação com os alimentos, não deixando nada grudar e facilitando a limpeza da máquina;
  • Escudo de cerâmica: aumenta a eficiência da transmissão de calor, diminuindo o gasto energético e fritando os alimentos por igual;
  • Controle ajustável de temperaturas: várias temperaturas podem ser escolhidas segundo a sua necessidade. Com a função de desligamento automático, seus alimentos não queimam durante o preparo.

Esta é uma fritadeira bem versátil, porém, os produtos desta marca apresentam uma desvantagem bem visível em relação aos concorrentes: o preço.

São geralmente mais caras e inacessíveis ao público em geral, recomendadas para quem deseja ter um produto com funcionalidades exclusivas.

Em termos de economia, ela não gasta muita energia e pode ser uma boa opção para quem deseja investir mais dinheiro.

Fritadeira elétrica Britânia: o melhor custo benefício

Dentre as análises dos usuários, a Airfryer da marca Britânia foi a que demonstrou o menor gasto de energia elétrica.

Com uma capacidade interna de cerca de 3,2L, seu termostato varia entre temperaturas que vão de 80 °C a 200 °C.

Ela trabalha com uma potência de 1400W, estando disponível em versões 127v e 220v.

A experiência dos clientes com os produtos da marca tende a ser satisfatória, com poucos problemas relatados em termos de funcionamento da máquina.

O consumo de energia desta fritadeira gira em torno de 0,56 kWh, sendo a melhor relação de consumo encontrada nas análises.

Como resultado, essa airfryer não gasta muita eletricidade, sendo bastante econômica e confiável!

O forno elétrico gasta menos energia?

Muita gente se pergunta se o tradicional forno elétrico gasta menos energia do que uma Airfryer convencional.

Em geral, o consumo dos dois eletrodomésticos é equivalente em termos de energia, onde o valor das contas no final do mês é praticamente o mesmo.

Porém, algumas informações importantes devem ser levadas em conta na hora de escolher qual deles ter em casa. Vejamos a seguir.

A airfryer cozinha mais rápido que o forno elétrico

Com a sua tecnologia de ar quente circulante, a fritadeira sem óleo supera e muito o tempo de cocção dos alimentos em relação ao forno.

Para você ter uma ideia, alguns alimentos podem ser preparados em tempos até duas vezes menores nas airfryers – tudo, claro, sem uma gota de óleo durante a preparação.

Essa diminuição do tempo de cocção pode dar à fritadeira elétrica uma vantagem em relação aos fornos.

O forno elétrico possui mais espaço disponível em seu interior

Esse é um ponto crucial que diferencia os dois aparelhos e com certeza deve ser levado em consideração na hora de escolher um ou outro.

Se você tem uma família grande e precisa cozinhar maiores quantidades de comida, talvez o forno seja uma escolha mais atraente, atendendo melhor às suas necessidades, já que um forno elétrico pode possuir uma capacidade interna de até 40L.

A maioria das pessoas diz que o forno elétrico se sai melhor ao cozinhar um alimento in natura, como batata, mandioca e berinjela, portanto, se você costuma comer esse tipo de comida, pense nisso.

O forno elétrico necessita de maiores quantidades de óleo

A busca por receitas que melhorem a qualidade de vida também tem preocupado as pessoas na atualidade.

Por possuir um mecanismo diferente da air fryer, o forno elétrico precisa de maiores quantidades de óleo durante o preparo dos alimentos.

Assim sendo, se você precisa preparar algo com pouco ou nenhum óleo, talvez uma fritadeira sem óleo te atenda melhor.

De acordo com reviews, o aspecto crocante também é mais facilmente atingido na airfryer do que no forno elétrico.

Como funciona uma air fryer?

Apesar de parecer um mecanismo extremamente complicado, o funcionamento de uma fritadeira elétrica não é nenhum bicho de sete cabeças.

Durante o preparo de sua receita, a máquina utiliza de correntes de ar quente que se chocam com os alimentos em alta velocidade, cozinhando-os de maneira extremamente rápida e deixando-os com aquele aspecto crocante que encanta muita gente por aí.

Quem faz esse ar quente circular dentro do aparelho é uma hélice localizada na parte interna, que gira constantemente e rapidamente.

Vale lembrar que antes de chegar em sua casa, as airfryers são desenvolvidas e passam por uma infinidade de testes, portanto, são bastante seguras e não oferecem nenhum risco para sua saúde.

Que tipos de receitas posso fazer na minha airfryer?

Basicamente, todos os alimentos que podem ser fritos ficam muito bem feitos em uma fritadeira sem óleo.

Confira algumas dicas das comidas e petiscos que ficam perfeitos após alguns minutos na sua fritadeira:

Batata frita

As amadas batatas fritas são perfeitas para serem feitas na airfryer.

Porém, dê preferência àquelas batatas congeladas que são facilmente encontradas no mercado, pois elas se saem melhor na cocção feita pelo ar quente das máquinas.

Se você optar por fazer uma batata in natura, aposte na utilização de um fio de óleo ou azeite sobre elas, para que você consiga a crocância como resultado principal.

Nuggets

Os nuggets também se saem muito bem quando feitos nas fritadeiras sem óleo.

Por possuírem um empanamento impecável, o ar quente das máquinas deixa esses alimentos extremamente crocantes!

Com certeza, é uma pedida muito boa para aquele almoço ou encontro com os amigos.

Frango

O alto preço da carne vermelha fez com que as pessoas optassem cada vez mais pela escolha do frango como parte integrante da sua alimentação diária.

Porém, muita gente sente uma certa dificuldade em prepará-los, já que não é recomendada a ingestão de frango cru.

Essa dificuldade é rapidamente sanada pelas airfryers, que deixam o frango no ponto certo e muito saborosos.

Para isso, ligue seu aparelho a 180 °C e coloque a sua carne de frango. Espere cerca de 20 minutinhos, mexa-os e deixe por mais 5 minutos ou até dourar.

Muito fácil e prático!

Existe uma infinidade de outros alimentos que podem ser feitos na sua fritadeira, por isso, não deixe de ver vídeos no YouTube que ensinam a maneira correta de prepará-los.

Qual o tamanho perfeito de uma airfryer para minha casa?

A quantidade de conteúdo que cabe dentro de uma airfryer é um fator importantíssimo a ser considerado na hora de investir seu dinheiro em um aparelho dessa categoria.

Para que você não tenha que fazer várias rodadas de um mesmo alimento e possa economizar bastante tempo e energia no seu dia a dia, nossas dicas podem ser bastante úteis.

Com diversos modelos no mercado, as airfryers podem variar o tamanho de sua bandeja, que podem ir de 2,2L até 7,2!

Veja a seguir os tamanhos indicados para diversos tipos de situações:

  • Para quem mora sozinho ou para casais: se você mora sozinho ou em casal, os modelos menores de 2,2L costumam ser suficientes para preparar a quantidade ideal de comida. Porém, se você costuma receber visitas de maneira rotineira em sua casa, considere investir em um tamanho maior;
  • Para três ou quatro pessoas: nesse caso, os modelos de 2,5L só são recomendados se as pessoas que moram na casa costumam comer pouco. Para três ou quatro pessoas, os modelos de 3,5L são mais indicados;
  • Para residências com mais de quatro pessoas: para famílias com mais de quatro pessoas, airfryers de 4L e 5L costumam atender bem as demandas diárias de preparo de alimentos. Investindo em um modelo desse tamanho, você pode receber algumas visitas em casa sem se preocupar em refazer as receitas várias vezes.

Devo considerar a potência na hora de adquirir minha airfryer?

Com certeza! A potência está diretamente ligada à velocidade em que o alimento é preparado dentro de sua fritadeira, o que também acaba definindo se a airfryer gasta muita energia no final do mês.

Se você não tem muito tempo disponível na cozinha e precisa de rapidez e praticidade, considere investir em aparelhos com uma potência mais alta.

Fritadeiras maiores que possuem uma baixa potência podem gerar uma experiência um tanto quanto frustrante para os usuários, já que a comida pode demorar um pouco para ficar pronta.

As airfryers ideias costumam operar entre potências que vão de 1400W a 2000W.

Preste bastante atenção nessa dica, pois ela vai te ajudar bastante a escolher seu aparelho ideal.

Gostou de saber se a airfryer gasta muita energia?

Esperamos que nosso artigo tenha ajudado você a tirar todas as suas dúvidas com relação a esse inovador universo das airfryers.

Curtiu nosso artigo que contou se a air fryer gasta muita energia? Então, não deixe de ler nossos outros conteúdos. Até a próxima!